Autor Jo√£o Almino cria obra de peso com ‘Enigmas da Primavera’

Autor Jo√£o Almino cria obra de peso com ‘Enigmas da Primavera’

MANUEL DA COSTA PINTO
COLUNISTA DA FOLHA
16/05/2015

S√£o Paulo, Folha de S. Paulo, Ilustrada, 16/05/2015

“Enigmas da Primavera”, novo romance de Jo√£o Almino, √© a primeira obra de peso, na literatura brasileira, a trazer para as p√°ginas da fic√ß√£o (e para a viv√™ncia subjetiva) os movimentos pol√≠ticos dos √ļltimos anos.

O t√≠tulo remete √† Primavera √Ārabe, onda de protestos que derrubou ditaduras do Oriente M√©dio em 2011, √©poca em que se passa a maior parte do romance ‚Äďembora seja narrado a partir do contexto das Jornadas de Junho, as manifesta√ß√Ķes que varreram o Brasil em 2013.

Mas “Enigmas da Primavera” acaba fazendo um diagn√≥stico mais permanente, de um beco sem sa√≠da geracional. N√£o da gera√ß√£o do escritor e diplomata nascido em Mossor√≥ (Rio Grande do Norte), em 1950, mas da gera√ß√£o atual.

O enredo nos leva de Brasília a Madri no momento em que surgia outro movimento contra o sistema político e financeiro: o 15-M (referência a 15 de maio de 2011, data de eclosão dos protestos na Espanha). Em cena, temos Majnun, jovem criado pelos politizados avós depois da morte do pai, por overdose, e da internação da mãe, viciada e psicótica (breve aceno a mais uma geração perdida).

O nome do protagonista √©, na verdade, um apelido inspirado em personagem de um relato da tradi√ß√£o √°rabe ‚Äďabrindo um veio narrativo que far√° o romance mesclar, de modo engenhoso, hist√≥ria cultural e revisionismo hist√≥rico.

Majnun √© o t√≠pico internauta que prefere o “territ√≥rio da aus√™ncia” proporcionado pela esfera virtual, na qual pode inventar “um mundo √† sua medida”. Em suas fantasias, cultiva as ra√≠zes mu√ßulmanas de sua fam√≠lia e idealiza o passado de toler√Ęncia da Espanha mourisca.

De forma sub-rept√≠cia, Almino capta o movimento, caracter√≠stico das redes sociais, que leva da rebeldia libert√°ria ao extremismo vociferante, projetando-o nas rela√ß√Ķes afetivas de um jovem desnorteado, que sonha em se converter ao isl√£ e enxerga na amante casada e nas amigas com as quais viaja √† Espanha uma atualiza√ß√£o de f√°bulas orientais.

E se essa viagem √© uma fuga motivada pelo del√≠rio de ter cometido um crime passional, a f√°bula maior de “Enigmas da Primavera” est√° em apontar, com generosidade, como o vazio de utopias e as exist√™ncias vic√°rias da milit√Ęncia virtual precisam ser preenchidas por quimeras ‚Äď”tudo feito para acabar em palavras (…) como a pr√≥pria vida, feita de busca de sentido, de frases e atos incompletos”.

ENIGMAS DA PRIMAVERA
AUTOR Jo√£o Almino
EDITORA Record
QUANTO R$ 42 (288 p√°gs.)
AVALIAÇÃO muito bom
LANÇAMENTO na terça (19), às 19h, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional Рav. Paulista, 2.073; tel. (11) 3170-4033


REDE SOCIAIS